Blog do Nilson Xavier

Oscar 2017: “Florence” e “Marguerite” contam a mesma história, mas são filmes bem diferentes

Nilson Xavier

16/02/2017 15h50

Meryl Streep e Hugh Grant em “Florence” (Foto: divulgação)

Quem for assistir “Florence, quem é essa mulher?” deve ver também a versão francesa da mesma história, “Marguerite”, exibida nos cinemas simultaneamente. A comparação será inevitável. As duas produções contam uma mesma trama, mas são diferentes. Cada filme dá a sua versão à história real da ricaça Florence Foster Jenkins (1868-1944) – basicamente uma mulher iludida com a ideia de que era uma excelente cantora lírica, mas era péssima, e todos a adulavam e a incentivavam a cantar por ela ser muito rica.

Marguerite”, com a excelente Catherine Frot como a protagonista, se passa em Paris, na década de 1920. O filme americano traz Meryl Streep como Florence e a ação se dá em Nova York nos anos 1940, como na história real. Em comparação, o filme francês é mais sóbrio enquanto o americano é mais colorido e exuberante, o que intensifica a figura caricata da Florence de Meryl Streep.

Percebe-se nos dois filmes o bom trabalho na adaptação de roteiro. Cada um cria entrechos diferentes, mas seguindo a mesma trajetória da personagem. Eu tenho uma queda maior por “Marguerite”, talvez por tê-lo visto por primeiro, mas também porque, visualmente falando, acho mais atraente que o outro. Mas os dois são bons, dentro de cada proposta. 4 estrelas para “Marguerite” e 3 estrelas para “Florence”: Meryl brilha no filme, mas fiquei impressionado com Hugh Grant, ótimo como nunca havia visto.

2 indicações para “Florence, quem é essa mulher?”: atriz (Meryl Streep) e figurino.

Siga no TwitterFacebookInstagram

Catherine Frot em “Marguerite” (Foto: divulgação)

Sobre o autor

Nilson Xavier é catarinense e mora em São Paulo. Desde pequeno, um fã de televisão: aos 10 anos já catalogava de forma sistemática tudo o que assistia, inclusive as novelas. Pesquisar elencos e curiosidades sobre esse universo tornou-se um hobby. Com a Internet, seus registros novelísticos migraram para a rede: em 2000 lançou o site Teledramaturgia (http://www.teledramaturgia.com.br/), cujo sucesso o levou a publicar o Almanaque da Telenovela Brasileira, em 2007.

Sobre o blog

Um espaço para análise e reflexão sobre a produção dramatúrgica em nossa TV. Seja com a seriedade que o tema exige, ou com uma pitada de humor e deboche, o que também leva à reflexão.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Topo