Blog do Nilson Xavier

Oscar 2017: “Toni Erdmann” e “Ove” abordam formas opostas de encarar a velhice

Nilson Xavier

Peter Simonischek (Toni Erdmann) / Rolf Lassgard (Ove) ( Foto: divulgação)

Os dois filmes concorrem à categoria Filme Estrangeiro. Nos dois, os protagonistas são senhores idosos e a velhice é um tema. O curioso é que Winfried, o protagonista do austro-alemão “Toni Erdmann” (vivido por Peter Simonischek) tem uma maneira de encarar a velhice completamente oposta à de Ove (Rolf Lassgard) no sueco “Um Homem Chamado Ove”.

Winfried é um homem completamente despojado das convenções sociais, uma espécie de clown que adora pregar peças e brincar com as pessoas. O Toni Erdmann do título é um personagem que ele criou, com peruca e dentadura postiça. Por esse motivo, ele é visto como inconveniente pela filha certinha e amargurada, vivida por Sandra Huller, que se vê obrigada a pajear o pai durante uma semana muito importante profissionalmente para ela.

Toni Erdmann” é um filme longo, 2h40min, e muita coisa acontece durante o período em que pai e filha convivem. Winfried a faz ir ao inferno para reaprender a viver e rever os seus valores. Uma comédia dramática do tipo “para refletir”. É um filme bem produzido, arranca algumas gargalhadas e tem umas soluções muito criativas no roteiro, que dá muitas reviravoltas, o seu maior mérito. 4 estrelas.

Ove de “Um Homem Chamado Ove” é o oposto de Winfried. É um velho rabugento, insociável, extremamente metódico, que idolatra a imagem da falecida esposa. Quando é demitido da empresa em que trabalhou por mais de quarenta anos, ele tenta se matar, de diversas maneiras, mas nunca com sucesso. É em seu mau-humor que reside a maior graça do filme. As cenas em que ele implica grosseiramente com os vizinhos são hilárias.

Ove é um live-action de “Meu Malvado Favorito” e isso fica claro à medida que o filme avança, quando o protagonista é obrigado a lidar com os novos vizinhos, uma “família feliz”,  um sueco casado com uma iraniana simpática e duas filhas pequenas. O filme tem um produção caprichada, principalmente nas cenas de época, que narram o passado de Ove e sua esposa. É uma comédia dramática não tão original quanto “Toni Erdmann”, mas com mais apelo, dramaticamente falando. Eu gostei mais de “Um Homem Chamado Ove”, me emocionou de verdade. 5 estrelas.

Um Homem Chamado Ove” 2 indicações: filme estrangeiro e maquiagem e cabelo (o ator Rolf Lassgard passa por uma transformação para viver o protagonista).

Toni Erdmann” 1 indicação: filme estrangeiro.

Siga no TwitterFacebookInstagram

Sobre o autor

Nilson Xavier é catarinense e mora em São Paulo. Desde pequeno, um fã de televisão: aos 10 anos já catalogava de forma sistemática tudo o que assistia, inclusive as novelas. Pesquisar elencos e curiosidades sobre esse universo tornou-se um hobby. Com a Internet, seus registros novelísticos migraram para a rede: em 2000 lançou o site Teledramaturgia (http://www.teledramaturgia.com.br/), cujo sucesso o levou a publicar o Almanaque da Telenovela Brasileira, em 2007.

Sobre o blog

Um espaço para análise e reflexão sobre a produção dramatúrgica em nossa TV. Seja com a seriedade que o tema exige, ou com uma pitada de humor e deboche, o que também leva à reflexão.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
UOL TV e Famosos - Blogs - Nilson Xavier
UOL TV e Famosos - Blogs - Nilson Xavier
UOL TV e Famosos - Blogs - Nilson Xavier
UOL TV e Famosos - Blogs - Nilson Xavier
UOL TV e Famosos - Blogs - Nilson Xavier
UOL TV e Famosos - Blogs - Nilson Xavier
UOL TV e Famosos - Blogs - Nilson Xavier
UOL TV e Famosos - Blogs - Nilson Xavier
UOL TV e Famosos - Blogs - Nilson Xavier
UOL TV e Famosos - Blogs - Nilson Xavier
UOL TV e Famosos - Blogs - Nilson Xavier
UOL TV e Famosos - Blogs - Nilson Xavier
UOL TV e Famosos - Blogs - Nilson Xavier
UOL TV e Famosos - Blogs - Nilson Xavier
UOL TV e Famosos - Blogs - Nilson Xavier
UOL TV e Famosos - Blogs - Nilson Xavier
UOL TV e Famosos - Blogs - Nilson Xavier
UOL TV e Famosos - Blogs - Nilson Xavier
UOL TV e Famosos - Blogs - Nilson Xavier
UOL TV e Famosos - Blogs - Nilson Xavier
UOL TV e Famosos - Blogs - Nilson Xavier
UOL TV e Famosos - Blogs - Nilson Xavier
UOL TV e Famosos - Blogs - Nilson Xavier
Topo