Blog do Nilson Xavier

Oscar 2017: Sabemos que Isabelle Huppert é a melhor atriz, mas a Academia não

Nilson Xavier

03/02/2017 18h13

Isabelle Huppert em cena (Foto: divulgação)

Isabelle Huppert em cena (Foto: divulgação)

A produção é franco-alemã. O filme é falado em francês, se passa na França. O elenco é majoritariamente francês. O diretor, Paul Verhoeven, é holandês. Mas “Elle” parece cinemão de Hollywood: tem narrativa e todas as qualidades e truques de um ótimo thriller americano. Pudera: Verhoeven é um tarimbado diretor de lá, dos famosos “Tropas Estelares”, “Showgirls”, “Instinto Selvagem” e “O Vingador do Futuro”.

O estranhamento é porque é já vi inúmeros filmes franceses, mas nunca um assim, tão… americano. Não é um defeito, nem uma crítica – apenas uma constatação. A estrela Isabelle Huppert (atriz francesa de carreira brilhante, reverenciada em toda a Europa) rendeu ao longa a única indicação ao Oscar, de atriz. De novo, ela vive uma personagem “esquisitona”: a dona de um empresa que desenvolve games que foi brutalmente atacada em casa por um mascarado e continua recebendo ameaças. Só que se nega a prestar queixa à polícia ou revelar o fato a amigos. Desconfia de todos que a cercam, só que o mistério parece entretê-la.

elle_cartazO roteiro é excelente. A produção é de primeira. Isabelle Huppert tem toda a minha torcida pelo prêmio. Porém vejo aqui o mesmo caso de Fernanda Montenegro em 1999, com “Central do Brasil”, e Emmanuelle Riva em 2013, com o filme francês “Amor”. Sabíamos que elas eram as melhores, mas a Academia não.

Siga no TwitterFacebookInstagram

Sobre o autor

Nilson Xavier é catarinense e mora em São Paulo. Desde pequeno, um fã de televisão: aos 10 anos já catalogava de forma sistemática tudo o que assistia, inclusive as novelas. Pesquisar elencos e curiosidades sobre esse universo tornou-se um hobby. Com a Internet, seus registros novelísticos migraram para a rede: em 2000 lançou o site Teledramaturgia (http://www.teledramaturgia.com.br/), cujo sucesso o levou a publicar o Almanaque da Telenovela Brasileira, em 2007.

Sobre o blog

Um espaço para análise e reflexão sobre a produção dramatúrgica em nossa TV. Seja com a seriedade que o tema exige, ou com uma pitada de humor e deboche, o que também leva à reflexão.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Topo