Blog do Nilson Xavier

Oscar 2017: Denzel Washington dirige e protagoniza "Um Limite entre Nós" e se sai bem nas duas funções

Nilson Xavier

24/02/2017 00h44

Denzel Washington e Viola Davis (Foto: divulgação)

Em português o filme se chama “Um Limite Entre Nós“. Tudo bem que o título original em inglês soa pouco comercial por aqui: “Fences” – cercas. Mas é bem mais apropriado. Baseado em uma peça de teatro, a primeira parte parece mesmo uma encenação teatral: uma longa conversa entre o personagem de Denzel Washington e alguns outros. A verborragia de Denzel, sem trilha sonora, chega a cansar. Aos poucos o filme vai se revelando e toma uma forma mais consistente. A narrativa é convencional, mas a direção é criativa. Denzel vive o protagonista e também dirige. E se sai muito bem nas duas funções.

Um Limite Entre Nós” (que ainda prefiro chamar de “Cercas“) é sobre o valor do núcleo familiar e da amizade e do quanto essas relações podem ser frágeis, por mais protegidas (por cercas) que pareçam estar. Denzel está excelente na criação de um tipo muito rico, humano e cheio de camadas. É o meu favorito ao prêmio de ator. Viola Davis, que vive a esposa, tem uma interpretação mais comedida, mas não menos intensa. Concorre como coadjuvante, mas deveria estar na categoria de atriz principal, o que de fato é neste filme. A passividade (ou permissividade) de sua personagem pode incomodar. Mas atentem a uma fala de Denzel em que ele afirma que foi ela quem mandou construir a cerca que protege o lar dessa família. 5 estrelas.

4 indicações: filme, ator (Denzel Washington), atriz coadjuvante (Viola Davis) e roteiro adaptado.

Siga no TwitterFacebookInstagram

Sobre o autor

Nilson Xavier é catarinense e mora em São Paulo. Desde pequeno, um fã de televisão: aos 10 anos já catalogava de forma sistemática tudo o que assistia, inclusive as novelas. Pesquisar elencos e curiosidades sobre esse universo tornou-se um hobby. Com a Internet, seus registros novelísticos migraram para a rede: em 2000 lançou o site Teledramaturgia (http://www.teledramaturgia.com.br/), cujo sucesso o levou a publicar o Almanaque da Telenovela Brasileira, em 2007.

Sobre o blog

Um espaço para análise e reflexão sobre a produção dramatúrgica em nossa TV. Seja com a seriedade que o tema exige, ou com uma pitada de humor e deboche, o que também leva à reflexão.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Topo