Topo
Blog do Nilson Xavier

Blog do Nilson Xavier

Canal Viva extingue definitivamente seu site e prioriza redes sociais

Nilson Xavier

10/10/2018 20h09

Beatriz Segall em "Vale Tudo" | Eva Wilma em "A Indomada" (Fotos: Acervo Globo)

Recebi na tarde desta quarta-feira (10/10) o comunicado da assessoria de imprensa do canal Viva informando que o site do canal na internet não existe mais. De fato, o canalviva.globo.com agora direciona para o Globosatplay, a plataforma on demand.

De acordo com o canal, "a decisão de descontinuar o site faz parte de uma estratégia adotada pelo Viva de concentrar todo o seu conteúdo nas redes sociais. Dessa forma, a programação completa e os resumos de novelas chegam ao público de forma mais fácil e dinâmica, além de possibilitar maior interação com os mesmos."

Anteriormente, o site do Viva – que existia desde a criação do canal, em 2010 – era o caminho mais fácil para o público entrar em contato e obter informações sobre a programação. O site teve seu auge entre 2013 e 2016, quando era constantemente alimentado com material próprio, por um time exclusivo e criativo que extrapolava o conteúdo da televisão. Este colunista foi um dos colaboradores nesse tempo.

Em 2017, com a mudança de diretoria do canal, os colaboradores foram dispensados e o site foi sendo abandonado até não ser mais atualizado. Há mais de um ano a página na internet não recebia atualizações. Uma lástima, já que os fãs do canal tinham nele um rico material que ia muito além do que era exibido na televisão.

Agora, os canais oficiais onde obter informações sobre o Viva são: YouTube, Facebook, Instagram e Twitter.

Sobre o autor

Nilson Xavier é catarinense e mora em São Paulo. Desde pequeno, um fã de televisão: aos 10 anos já catalogava de forma sistemática tudo o que assistia, inclusive as novelas. Pesquisar elencos e curiosidades sobre esse universo tornou-se um hobby. Com a Internet, seus registros novelísticos migraram para a rede: em 2000 lançou o site Teledramaturgia (http://www.teledramaturgia.com.br/), cujo sucesso o levou a publicar o Almanaque da Telenovela Brasileira, em 2007.

Sobre o blog

Um espaço para análise e reflexão sobre a produção dramatúrgica em nossa TV. Seja com a seriedade que o tema exige, ou com uma pitada de humor e deboche, o que também leva à reflexão.