Topo
Blog do Nilson Xavier

Blog do Nilson Xavier

Ibope de "Espelho da Vida" já é um vexame para a Globo; compare os números

Nilson Xavier

29/11/2018 19h18

Vitória Strada e João Vicente de Castro (foto: reprodução)

Se a novela "Espelho da Vida" não conseguiu cativar a grande audiência até agora, dificilmente conseguirá em dezembro, com horário de verão + festas de fim de ano, fórmula que derruba qualquer ibope. A Globo foi logo cedo sinalizada dos problemas na trama de Elizabeth Jhin. São capítulos e mais capítulos em que nada de realmente relevante acontece para movimentar a trama da novela.

A meta para o horário das seis são 20 pontos no Ibope da Grande SP. Em sua décima semana, "Espelho da Vida" está abaixo, com 18 pontos, e vem caindo semanalmente. Nas duas últimas semanas, a novela amargou a média de 16,5 de audiência, um vexame se considerarmos o mesmo período (de 10 semanas inciais) das últimas produções do horário. Veja desde a última novela da autora:
"Além do Tempo", de Elizabeth Jhin (2015) = 20,5
"Eta Mundo Bom!", de Walcyr Carrasco (2016) = 23
"Sol Nascente", de Walther Negrão, Júlio Fischer e Suzana Pires (2016-2017) = 20
"Novo Mundo", de Alessandro Marson e Thereza Falcão (2017) = 22,5
"Tempo de Amar", de Alcides Nogueira (2017-2018) = 22,5
"Orgulho e Paixão", de Marcos Bernstein (2018) = 21,5

Foto: reprodução

Além da lentidão, enxergo um erro estratégico. Não há mocinho na história folhetinesca. Quer dizer, há, mas Danilo (Rafael Cardoso) aparece nas cenas além espelho (do passado) no máximo três vezes por semana e olhe lá! Quem está onipresente é o seu contraponto, o antagonista Alain, vivido por João Vicente de Castro, um personagem antipaticíssimo. Alain não chega a ser um vilão (pelo menos na trama do presente), mas é um "cavalo" que passa as cenas de cara amarrada, a esbravejar ou agir de forma truculenta. Isso também espanta audiência.

A novela até tem personagens bons, como a vilã Isabel, de Alinne Moraes, talvez a melhor. Mas não há como se sustentar ante uma trama que não evolui, que simplesmente NÃO ANDA! Já citei em texto anterior que "Espelho da Vida" cresce nas cenas do passado. Não ficaria mais interessante se Jhin invertesse sua história? Fazer com que o passado predomine, em vez do presente.

Leia também: "Cidade Alerta dispara e já aparece no 'Espelho' da novela das seis";
"UOL vê TV: Por que Espelho da Vida é uma novela legal, mas chatinha".

Siga no Facebook – Twitter – Instagram

Sobre o autor

Nilson Xavier é catarinense e mora em São Paulo. Desde pequeno, um fã de televisão: aos 10 anos já catalogava de forma sistemática tudo o que assistia, inclusive as novelas. Pesquisar elencos e curiosidades sobre esse universo tornou-se um hobby. Com a Internet, seus registros novelísticos migraram para a rede: em 2000 lançou o site Teledramaturgia (http://www.teledramaturgia.com.br/), cujo sucesso o levou a publicar o Almanaque da Telenovela Brasileira, em 2007.

Sobre o blog

Um espaço para análise e reflexão sobre a produção dramatúrgica em nossa TV. Seja com a seriedade que o tema exige, ou com uma pitada de humor e deboche, o que também leva à reflexão.