Topo
Blog do Nilson Xavier

Blog do Nilson Xavier

Globo vai reprisar a primeira novela de Domingos Montagner na emissora

Nilson Xavier

04/12/2018 22h46

Domingos Montagner (foto: divulgação/TV Globo)

O blog NaTelinha noticiou e a área de Comunicação da Globo confirmou: a partir de janeiro, "Cordel Encantado" é a substituta de "Belíssima" no Vale a Pena Ver de Novo. Será uma oportunidade para o público matar a saudade do ator Domingos Montagner, em sua primeira novela na emissora. Ele faleceu em setembro de 2016, na região de Canindé de São Francisco, em Sergipe, durante um intervalo de gravação da novela "Velho Chico". Antes de "Cordel", Montagner já havia atuado em novelas, mas pequenas participações em outras emissoras. Na Globo, estreou em 2010, na série "Força Tarefa".

"Cordel Encantado" é considerada um dos maiores sucessos da TV desta década. A escolha pode ser entendida como uma boa estratégia da Globo na tentativa de estancar os problemas de audiência no período vespertino – que acabam refletindo na grade sequencial, as novelas das 18 e 19 horas. Entretanto, para funcionar será preciso mexer também em "Malhação", atualmente em uma de suas temporadas mais insossas.

Escrita pela dupla Thelma Guedes e Duca Rachid, com direção geral de Amora Mautner, "Cordel Encantado" foi ao ar no horário das seis entre abril e setembro de 2011. A trama é uma fábula sobre dois universos distintos: o encantamento da realeza europeia e as lendas heroicas do sertão brasileiro. A união desses mundos é representada pelo romance de Açucena (Bianca Bin), uma cabocla brejeira criada por lavradores no nordeste do Brasil, sem saber que é a princesa de um reino europeu. E Jesuíno (Cauã Reymond), um jovem sertanejo que desconhece ser filho legítimo do cangaceiro mais famoso da região, Herculano, personagem de Domingos Montagner.

Bianca Bin e Cauã Reymond (foto: divulgação/TV Globo)

Uma super-produção com estética cinematográfica, elogiada pela produção primorosa. De um lado, uma nova leitura dos contos da Bela Adormecida, Cinderela, Rapunzel e Branca de Neve, tantas vezes recontados com sucesso no cinema e na literatura. Do outro, a incursão no mito do herói sertanejo, tendo como base a figura do "cangaceiro gentil-homem". Um belo contraste entre a pompa da nobreza européia e o arcaísmo do sertão nordestino nas décadas de 1910 a 1930.

"Cordel Encantado" foi premiada pela APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) e pelo Troféu Imprensa como a melhor novela de 2011. Em setembro de 2013, foi lançada em DVD numa edição especial (box com 12 DVDs). Também está disponível no Globoplay.

No elenco, ainda Débora Bloch, Carmo Dalla Vecchia, Bruno Gagliasso, Nathalia Dill, Jayme Matarazzo, Osmar Prado, Marcos Caruso, Zezé Polessa, Luiz Fernando Guimarães, Felipe Camargo, Emanuelle Araújo, Guilherme Fontes, Matheus Nachtergaele, Cláudia Ohana, Enrique Diaz, Heloísa Périssé, Andreia Horta, Nanda Costa, Isabelle Drummond, Marcello Novaes e outros.

AQUI tem tudo sobre "Cordel Encantado": trama, personagens, elenco completo, trilha sonora e mais curiosidades.

Siga no Facebook – Twitter – Instagram

Sobre o autor

Nilson Xavier é catarinense e mora em São Paulo. Desde pequeno, um fã de televisão: aos 10 anos já catalogava de forma sistemática tudo o que assistia, inclusive as novelas. Pesquisar elencos e curiosidades sobre esse universo tornou-se um hobby. Com a Internet, seus registros novelísticos migraram para a rede: em 2000 lançou o site Teledramaturgia (http://www.teledramaturgia.com.br/), cujo sucesso o levou a publicar o Almanaque da Telenovela Brasileira, em 2007.

Sobre o blog

Um espaço para análise e reflexão sobre a produção dramatúrgica em nossa TV. Seja com a seriedade que o tema exige, ou com uma pitada de humor e deboche, o que também leva à reflexão.