Topo
Blog do Nilson Xavier

Blog do Nilson Xavier

Tem muito de "Samantha!" e "Segundo Sol" na nova novela das 7, "Verão 90"

Nilson Xavier

03/01/2019 08h41

Rafael Vitti, Isabelle Drummond e Jesuíta Barbosa (foto: João Cotta/TV Globo)

A próxima novela das sete da Globo vai mexer com a nostalgia do público. "Verão 90" – que se passa no ano de 1990 – tem um pouco de "Segundo Sol", trama musical (que tentou promover um revival do axé do anos 90) sobre um cantor que fez sucesso naquela década e que havia caído no ostracismo – inclusive com irmãos rivais (Beto e Remy), elemento presente também na nova novela (João e Jerônimo).

"Verão 90" tem mais ou menos o mesmo ponto de partida: um trio infantil que fez sucesso nos anos 80 e que acabou se desfazendo. Crescidos, os jovens se reencontram em 1990.

A trama remete também à novela "Rock Story" (Gui Santiago, lembra?, ex-cantor dos anos 90 que tentava se relançar no cenário musical) e à série "Samantha!" (disponível na Netflix), com Emanuelle Araújo como a protagonista, uma menina-cantora amada na década de 1980 cuja carreira entrou em decadência. "Verão 90", "Samantha!", "Rock Story", "Segundo Sol" são tudo variações de um mesmo tema.

A nova novela estreia dia 29, uma terça-feira, e promete ser uma comédia romântica musical. Com direção artística de Jorge Fernando, a trama é escrita por Paula Amaral e Izabel de Oliveira – esta última escreveu a novela "Cheias de Charme" (com Filipe Miguez), outra trama musical, sucesso em 2012. A trilha sonora é toda de gravações originais de hits dos anos 80 e 90. O tema da abertura é "Pump Up the Jam", que já toca nas chamadas.

Melissa Nóbrega (foto: João Cotta/TV Globo)

As Músicas
Rio 40 Graus – Fernanda Abreu
Zanzibar – A Cor do Som
Salve Simpatia – Jorge Benjor
Preta – Beto Barbosa
Olhos Coloridos – Sandra de Sá
Pro Dia Nascer Feliz – Barão Vermelho
Me Chama Que Eu Vou – Sidney Magal
Saideira – Skank
Acelerou – Djavan
As Canções Que Você Fez Pra Mim – Maria Bethania
Mania de Você – Rita Lee
Uma Noite e Meia – Marina Lima
Óculos – Paralamas do Sucesso
Partido Alto – Cássia Eller
Bem Que Se Quis – Marisa Monte
Flores – Titãs
Menino do Rio – Baby Consuelo
Grand Hotel – Kid Abelha
Esotérico – Gilberto Gil
Nós Vamos Invadir Sua Praia – Ultraje A Rigor
Você – Tim Maia
Do Leme Ao Pontal – Tim Maia
Boy – Deborah Blando
Freak Le Boom Boom – Gretchen
Pump Up The Jam – Technotronic
The Best – Tina Turner
Wipe Out – The Surfaris
Good Vibrations – Marky Mark
Your Love – The Outfield
Please Don't Go – Double You
Rhythm Of The Night – Corona
Step By Step – New Kids On The Block
Unbelievable – EMF
Your Song – Elton John
Scatman (Ski-Ba-Bop-Ba-Dop-Bop) – Scatman John
Repetition – Information Society
What's On Your Mind – Information Society

Isabelle Drummond, Melissa Nóbrega e Cláudia Raia (foto: João Cotta/TV Globo)

A Trama
Na infância nos anos 1980, Manuzita (Melissa Nóbrega) era a menina mais amada do Brasil. E quando os irmãos Guerreiro, João (João Bravo) e Jerônimo (Diogo Caruso), se juntaram a ela, a Patotinha Mágica virou sinônimo de sucesso e mania nacional. Mas os anos de fama e reconhecimento ficaram no passado assim como o término do grupo.

Em 1990, João (Rafael Vitti) é universitário e comanda um programa de rádio para o público jovem. Já Manuzita (Isabelle Drummond), uma aspirante – com pouco talento – a atriz, segue em busca de trabalho, e conta com o apoio incondicional da mãe Lidiane (Cláudia Raia), ex-atriz de pornochanchada e um tanto sem noção.

Desde a infância, uma grande afinidade une Manuzita e João. Algo que sempre incomodou Jerônimo (Jesuíta Barbosa), que alimenta uma inveja e rivalidade contra o irmão e nunca abandonou o desejo de ser famoso novamente. De caráter duvidoso, Jerônimo vai lutar para reviver os dias de glória. Uma personalidade muito diferente de Janaína (Dira Paes), a mãe dos rapazes, mulher íntegra que criou os filhos com dignidade.

Os caminhos de João, Manuzita e Jerônimo vão se cruzar novamente. Com o reencontro do trio, sentimentos que estavam adormecidos voltam à tona. O que vai revelar que os anos de afastamento do casal, Manuzita e João, não foram suficientes para apagar o amor e afinidade entre eles.

Débora Nascimento, Totia Meireles, Alexandre Borges e Caio Paduan (foto: João Cotta/TV Globo)

O Elenco
Rafael Vitti – João
Isabelle Drummond – Manuzita (Manuela)
Jesuíta Barbosa – Jerônimo
Cláudia Raia – Lidiane (Lidi Pantera)
Dira Paes – Janaína Guerreiro
Camila Queiroz – Vanessa
Gabriel Godoy – Galdino
Totia Meireles – Mercedes Ferreira Lima
Alexandre Borges – Quinzão (Joaquim Ferreira Lima)
Humberto Martins – Herculano
Débora Nascimento – Gisela
Caio Paduan – Quinzinho
Marina Moschen – Larissa
Giovana Cordeiro – Moana
Bárbara França – Nicole
Cláudia Ohana – Janice
Luiz Henrique Nogueira – Jofre (Cachorrão)
Bernardo Marinho – Tobé
Fabiana Karla – Madá
Flávio Tolezani – Raimundo
Marcos Veras – Álamo
Jeniffer Nascimento – Kika
Kayky Brito – Candé
Sérgio Malheiros – Diego
Klebber Toledo – Patrick
Bel Kutner – Celestine
Dandara Mariana – Dandara
Marcelo Valle – Murilo
Maria Carol – Diana
Val Perré – Otoniel
Alana Cabral – Clarissa
Alexandre David – Floriano
Ricardo Viana – Magaiver
Bernardo Mendes – Tutano
Marília Martins – Dirce
Marcela Siqueira – Tânia
Renata Motta Lima – Vera
Renata Imbriani – Marta
Fábio Beltrão – Louro
as crianças
João Bravo – João
Melissa Nóbrega – Manuzita
Diogo Caruso – Jerônimo
Duda Wendling – Isadora
e as participações de Nívea Stelmann e Mário Frias.

Siga no Facebook – Twitter – Instagram

Sobre o autor

Nilson Xavier é catarinense e mora em São Paulo. Desde pequeno, um fã de televisão: aos 10 anos já catalogava de forma sistemática tudo o que assistia, inclusive as novelas. Pesquisar elencos e curiosidades sobre esse universo tornou-se um hobby. Com a Internet, seus registros novelísticos migraram para a rede: em 2000 lançou o site Teledramaturgia (http://www.teledramaturgia.com.br/), cujo sucesso o levou a publicar o Almanaque da Telenovela Brasileira, em 2007.

Sobre o blog

Um espaço para análise e reflexão sobre a produção dramatúrgica em nossa TV. Seja com a seriedade que o tema exige, ou com uma pitada de humor e deboche, o que também leva à reflexão.