Blog do Nilson Xavier

Canal Viva vai reprisar a minissérie “Presença de Anita”

Nilson Xavier

José Mayer e Mel Lisboa em “Presença de Anita'' (Foto: TV Globo)

O Canal Viva já tem a minissérie substituta para JK nas noites de segunda a sexta-feira às 23h15: é Presença de Anita, que estreia dia 22 de novembro.

Presença de Anita foi originalmente ao ar entre 7 e 31 de agosto de 2001, em 16 capítulos. Já teve duas reprises: em 2002 e 2005, esta última pelo canal Multishow. Com direção de Ricardo Waddington, Alexandre Avancini e Edgard Miranda, a minissérie foi escrita por Manoel Carlos, a partir do romance de Mário Donato.

A História: Para escapar da rotina de São Paulo, Lúcia Helena (Helena Ranaldi) passa as festas de fim de ano na casa da família, no interior. Ela quer aproveitar o clima familiar para reacender a paixão em seu casamento com Nando (José Mayer), um escritor que vê nas férias a oportunidade de iniciar um novo livro. Em busca de inspiração, ele encontra Anita (Mel Lisboa), a personagem ideal, uma jovem que se mudou para um sobrado onde no passado aconteceu um crime de amor. A garota seduz Nando ao mesmo tempo em que desperta a primeira paixão no adolescente Zezinho (Leonardo Miggiorin). Com os dois, forma um triângulo amoroso que termina de forma trágica.

Presença de Anita teve uma ótima repercussão na época de sua estreia. A escolha para a protagonista foi concorrida. Manoel Carlos e Ricardo Waddington queriam uma atriz desconhecida. A estudante Mel Lisboa foi escolhida entre mais de 100 jovens, e não decepcionou: mostrou segurança ao interpretar uma Anita sensual e ao mesmo tempo terna.

Além das cenas de sexo e nudez, a minissérie também ficou marcada pela presença do cigarro. Para o autor, o excesso de cigarros ajudou a compor o perfil destrutivo dos personagens.

Saiba mais sobre Presença de Anita no site Teledramaturgia.