Blog do Nilson Xavier

Cena do julgamento do pedófilo foi a melhor de "O Outro Lado do Paraíso"

Nilson Xavier

20/02/2018 23h12

Sandra Corvelone e Flávio Tolezani (Foto: reprodução)

É preciso destacar a abordagem à pedofilia trabalhada por Walcyr Carrasco em sua novela “O Outro Lado do Paraíso” – excluindo o fato de o julgamento do pedófilo ter sido apresentado com exageros de licença criativa (audiência pública para caso de pedofilia, expondo a vítima dessa forma?) e excluindo toda a polêmica envolvendo coaches e psicólogos e que a Globo faturou com o merchan do Instituto Brasileiro de Coaching.

É um entrecho que serve para conscientização e esclarecimento a vítimas reais, reforçando a ideia de que se deve sempre denunciar tais casos. Uma abordagem que se salva em meio a tantas mal conduzidas na novela (como as que envolvem a personagem anã, o núcleo gay, a violência doméstica, alcoolismo, etc).

O capítulo desta terça-feira (20/02) exibiu a melhor sequência da novela – melhor até que o retorno triunfal de Clara (Bianca Bin) a Palmas – pois envolve todo um trabalho de direção e atuação de atores, muito mais do que uma catarse do roteiro. Mauro Mendonça Filho e sua equipe trabalharam de forma arrebatadora com a sensibilidade de todo o elenco envolvido.

Bella Piero, a vítima Laura, é uma atriz que promete. Ela já havia tido ótimas cenas no desenrolar de sua trama. Flávio Tolezani, como o pedófilo Vinícius, também se destaca pela frieza que imprimiu ao seu personagem. O capítulo ainda contou com a participação luxuosa da veterana Ilva Niño, como uma testemunha.

E a excelente representação de Sandra Corvelone, como Lorena, a mãe. A atriz esteve esse tempo todo em banho-maria, com uma personagem pequena demais para ela – Sandra é premiada com uma Palma de Ouro em Cannes, pelo filme “Linha de Passe“. Em uma cena forte e tensa, sua personagem foi a que recebeu o melhor texto. Palmas para Sandra (não resisti!).

Pena que, ao final do julgamento, quase tudo vira um salseiro com o réu confessando os seus crimes e tripudiando em cima dos personagens (tive medo de aparecer alguém com uma torta). Como bem lembrou um seguidor no Twitter: pareceu desfecho do Scooby-Doo: “eu teria conseguido se não fosse esses garotos intrometidos!“.

O capítulo bateu o recorde de audiência da novela. Em São Paulo marcou 46 pontos no Ibope e 62% de participação – o recorde anterior foi de 44 pontos no dia 29/01. Já no Rio de Janeiro, a novela cravou 48 pontos e 67% de participação (o recorde anterior foi 46 pontos, duas vezes, em 23/01 e 19/02).

Parabéns ao autor por essa abordagem. Pelo menos a pedofilia do delegado não é “obra do além”, como a justificativa para Gael (Sérgio Guizé) – o que acabou enfraquecendo e minimizando a trama da violência doméstica.

Leia também:Pedofilia na novela das 9 perde foco para polêmica dos psicólogos“;
O Outro Lado do Paraíso e o vale-tudo pela audiência: onde fica a qualidade?
Anã para novela das 9 não passa de atração grotesca para chamar audiência“;

Siga no FacebookTwitterInstagram

Sobre o autor

Nilson Xavier é catarinense e mora em São Paulo. Desde pequeno, um fã de televisão: aos 10 anos já catalogava de forma sistemática tudo o que assistia, inclusive as novelas. Pesquisar elencos e curiosidades sobre esse universo tornou-se um hobby. Com a Internet, seus registros novelísticos migraram para a rede: em 2000 lançou o site Teledramaturgia (http://www.teledramaturgia.com.br/), cujo sucesso o levou a publicar o Almanaque da Telenovela Brasileira, em 2007.

Sobre o blog

Um espaço para análise e reflexão sobre a produção dramatúrgica em nossa TV. Seja com a seriedade que o tema exige, ou com uma pitada de humor e deboche, o que também leva à reflexão.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Topo