Blog do Nilson Xavier

Oscar 2017: “Lion” faz refletir sobre nossas crianças desamparadas

Nilson Xavier

21/02/2017 19h13

Sunny Pawar (foto: divulgação)

Guddu? Guddu?

Esse chamado ainda ecoa, dias após ter assistido a “Lion, uma Jornada para Casa”. Sou avesso a filmes com receita pronta para emocionar o público. Claro que “Lion” segue uma. Mas mesmo que não fosse proposital, é difícil não ficar tocado com a história verídica de Saroo, um menino indiano que se perdeu do irmão, Guddu, e foi parar num trem que o levou para o outro lado da Índia.

Para o papel de Saroo, o carismático garotinho indiano Sunny Pawar, cujo apelo é potencializado pela triste saga de seu personagem. A trama de “Lion” é tão tocante que todas as cenas com Saroo criança facilmente induzem ao choro.

O menino tem sua vida transformada quando é adotado por um rico casal australiano. Após vinte anos, o Saroo adulto (Dev Patel) decide procurar a sua família indiana que nunca mais viu: o irmão Guddu, a mãe e uma irmã. Mesmo ele tendo se transformado num rapaz rico e bem sucedido, o seu passado o assombra.

Lion” chega a ser um filme angustiante. Remete ao desamparo e à perda da inocência. A narrativa usa uma lente de aumento – a miséria na Índia, a fofura do menino, o sofrimento do adulto – e leva-nos a refletir sobre as nossas crianças, sobre os Saroos que encontramos todos os dias pelas ruas, cada uma com uma história triste. 5 estrelas.

6 indicações: filme, ator coadjuvante (Dev Patel), atriz coadjuvante (Nicole Kidman), roteiro adaptado, trilha sonora e fotografia.

Siga no TwitterFacebookInstagram

Sobre o autor

Nilson Xavier é catarinense e mora em São Paulo. Desde pequeno, um fã de televisão: aos 10 anos já catalogava de forma sistemática tudo o que assistia, inclusive as novelas. Pesquisar elencos e curiosidades sobre esse universo tornou-se um hobby. Com a Internet, seus registros novelísticos migraram para a rede: em 2000 lançou o site Teledramaturgia (http://www.teledramaturgia.com.br/), cujo sucesso o levou a publicar o Almanaque da Telenovela Brasileira, em 2007.

Sobre o blog

Um espaço para análise e reflexão sobre a produção dramatúrgica em nossa TV. Seja com a seriedade que o tema exige, ou com uma pitada de humor e deboche, o que também leva à reflexão.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Topo