Blog do Nilson Xavier

Com boa estreia, “A Força do Querer” teve primeira fase que durou meio capítulo

Nilson Xavier

03/04/2017 23h04

Ísis Valverde (foto: Estevam Avellar/Gshow)

A estreia de “A Força do Querer”, novela de Glória Perez, teve uma primeira fase que durou meio capítulo, o que já é um ponto positivo, visto que várias das últimas produções do horário já usaram esse recurso. E nem parecia um “primeiro capítulo”. Nada de atropelos ou correria e nada de didatismo ou explicações para apresentar os personagens, além do mínimo necessário. Ritmo de um capítulo normal.

Apenas a trama dos dois meninos que foram unidos por um chá e um colar, dados por um xamã após quase terem se afogado no rio. E a explicação de que Bibi (Juliana Paes) terminou sua relação com Caio (Rodrigo Lombardi) para viver um novo amor, o que fez com que ele mudasse de país.

Quase vinte anos depois, os meninos são os galalaus Marco Pigossi e Fiuk, que terão seu destinos novamente cruzados, agora por causa de uma mulher: Ritinha (Ísis Valverde). E Caio está de volta ao Brasil enquanto Bibi está casada com Rubinho (Emílio Dantas). Fim de capítulo.

A Força do Querer” diferencia-se também pela fotografia bonita, sem filtros cinematográficos pretensiosos. E a direção sempre interessante e competente de Rogério Gomes, o Papinha, pela primeira vez trabalhando com Glória Perez. O diretor é sempre um upgrade para o currículo de qualquer novelista. A trilha incidental de Rodolpho Rebuzzi remete a outros trabalhos de Papinha e cabe perfeitamente nas belíssimas imagens apresentadas na novela.

A abertura tem a canção de Caetano VelosoO Quereres”, porém a música não orna com as imagens. É uma das aberturas mais feias dos últimos tempos – pelas imagens, não pela canção. Bem, sempre se pode melhorar, trocar…

Siga no FacebookTwitterInstagram

Juliana Paes e Emílio Dantas (foto: Fabio Rocha/Gshow)

Sobre o autor

Nilson Xavier é catarinense e mora em São Paulo. Desde pequeno, um fã de televisão: aos 10 anos já catalogava de forma sistemática tudo o que assistia, inclusive as novelas. Pesquisar elencos e curiosidades sobre esse universo tornou-se um hobby. Com a Internet, seus registros novelísticos migraram para a rede: em 2000 lançou o site Teledramaturgia (http://www.teledramaturgia.com.br/), cujo sucesso o levou a publicar o Almanaque da Telenovela Brasileira, em 2007.

Sobre o blog

Um espaço para análise e reflexão sobre a produção dramatúrgica em nossa TV. Seja com a seriedade que o tema exige, ou com uma pitada de humor e deboche, o que também leva à reflexão.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Blog do Nilson Xavier
Topo